Nota Ligeira #10 – “Rush ‘n Attack”

“Rush ‘n Attack” combina dois atributos bastante comuns a jogos mais antigos: a ingenuidade idiota e a dificuldade cruel. Controlamos um sujeitinho que, incumbido de uma missão improvável, é largado em território inimigo armado com uma faquinha de pão estranhamente letal – provavelmente besuntada com veneno – e guarnecido por apenas cinco vidas, sem continuidade, isto é, se o jogador gastar as vidas o jogo acaba e o soldadinho tem de recomeçar da primeira fase.

O problema é que o jogo não é bom o suficiente para empolgar, e o que foi concebido como desafio vira só chateação. O trocadilho sonoro besta do título dessa versão de Nintendinho é o melhor que o negócio tem a oferecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s