Sobre a dificuldade em “Dark Souls”

É verdade que “Dark Souls” é difícil, todavia também é verdade que boa parte de seu nível de dificuldade depende da cabeça do jogador. Se a pessoa for do tipo mais impaciente, que vive correndo, ignora os cenários e quer bater nos inimigos de qualquer jeito, a tela de “You Died” irá se incorporar ao seu espírito, de maneira que a pessoa passará a enxergá-la involuntariamente em diversas situações cotidianas; contudo, se a pessoa prestar atenção nos arredores, observar os inimigos e não tiver preguiça de experimentações, muitos trechos do jogo se tornam, por incrível que pareça, fáceis.

Em Undead Burg, uma das primeiras áreas do mundo de jogo, por exemplo, existe um cavaleiro negro guardando um corredor. Oras, se o jogador quiser acertar as contas com ele d’um jeito mais tradicional pode acabar se dando muito mal, pois o maldito é resistente, razoavelmente rápido e bate pra matar. Só que se a pessoa foi atenta e guardou consciência do cenário, ela pode atrair o inimigo para um dos pátios, subir a escadinha que dá no telhado d’uma casa e abatê-lo a flechas tranqüilamente.

Este tipo de situação não é tão incomum em “Dark Souls”, e é ainda menos incomum na vida real, pois às vezes enfrentamos obstáculos e desafios de maneira errada, de maneira pouco eficiente. A vida não é fácil, mas talvez fique mais ou menos difícil de acordo com a cabeça do vivente.

*

Bragança Paulista, 2020

Imagem: Panda Souls

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s