Brevidades #43

228

Carol, olhando uma dessas caudalosas discussões de redes sociais:

— Sobre o que eles estão discutindo, meu Deus?

Eu:

— Nem eles sabem.

229

Em “Assombrações do Recife Velho”, Gilberto Freyre conta o causo d’um barão que, levianamente, vendeu a alma ao cão; ninguém sabe o motivo da venda, ademais o bonito achava que se livraria do tinhoso como se livrava de qualquer manhoso; engano desventuroso! reza a lenda que o diabo levou, junto com a alma, até o corpo do barão, de maneira que a família simulou enterro entupindo de pedras o caixão.

Pois está aí meu conselho: não mercadeje com o diabo, não há vitória possível em acordos bestas co’ espíritos errados.

231

Eu sinceramente não vejo como máscaras ajudam a prevenir porcaria nenhuma, e nem me refiro à obviedade das obviedades de que o vírus passa por elas, especialmente pelas de pano, me refiro ao fato de que pessoas com máscara em geral tocam a região do rosto muito mais vezes do que pessoas sem máscara.

232

Pronto, agora a imprensa está chamando de negacionista quem não compra imediata e acriticamente as histórias e teses estranhas que ela regurgita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s