Brevidades #57

289

O negócio é assim: praticamente qualquer gesto ou dito de um conservador será enquadrado como algo horrendo ligado às piores atrocidades da humanidade, e aí um verdadeiro exército de mídia, militância e idiotas úteis — faço esta divisão por rigor mesmo, sei que na prática muitas vezes é impossível distinguir entre os três grupos –, cairá ensandecido em cima do sujeito como um bando de hienas famintas; por outro lado, um esquerdista pode dizer as coisas mais horríveis e cometer atos repugnantes que a mídia, os militantes e os idiotas úteis se calarão solenemente ou buscarão olhar o “contexto” da situação, a melhor interpretação daquelas palavras, sempre usando um vocabulário suave e submisso.

Quem não enxerga esse duplo padrão absurdo é um imbecil rematado.


290

Nando Moura virou um tipo desprezível de covarde, isto é, aquele covardão que, todo seguro em casa, dana a xingar a mãe dos outros. Duvido que ele tenha peito pra soltar um quinto daquela virulência burra sozinho diante de quem quer que seja.

291

O hábito de chamar qualquer opinião discordante ou desconfortável de “mimimi” não contribui para o avanço no entendimento de nada. O que é um “mimimi” senão um tipo de chororô sem fundamento que deve ser mesmo ignorado e talvez zoado? Se uma pessoa reduz a isso qualquer coisa que ela ouça ou leia e não goste, acabou, é o fim da inteligência dela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s